Página do facebook:


Contextualização

Antes conhecido como CEDECA (Centro de Defesa da Criança e do Adolescente), o atual Serviço de Proteção às Vítimas de Violência (SPVV) atua na promoção, defesa e garantia de direitos de crianças e adolescentes vítimas de violência, abuso e exploração sexual. Ele está diretamente vinculado ao Centro de Referência Especializada de Assistência Social (CREAS), que é por onde também chegam os casos que serão repassados à unidade do SPVV. Eles são encaminhados por entidades como o Ministério Público, Disque Denúncia 100 e o Conselho Tutelar.

 

Objetivo: assegurar a promoção, defesa e garantia de direitos de crianças e adolescentes, vitimas de violência, abuso sexual, exploração sexual e seus familiares. E quando possível atendendo o agressor trabalhando a sua conscientização e reparação da violência causada.

 

A atuação do equipamento também está ligada à reivindicação pela construção de mais políticas públicas que atendam a área, como as articulações nos  Fóruns em Defesa da Vida e de Educação realizados mensalmente na região da Zona Sul de São Paulo.

 

A média de atendimento com as crianças e adolescentes gira em torno de 3 a 4 meses, embora isso varie muito de caso a caso. Hoje a equipe do SPVV - Jardim Ângela conta com 1 gerente, 3 psicólogos, 2 assistentes sociais e 2 educadores e um agente operacional para o atendimento do serviço. A idade aceita no atendimento é de 0 a 17 anos e 11 meses.


Copyright © Sociedade Santos Mártires 2017 Desenvolvido por WebConta